Habilidade que o pintor automotivo precisa saber para preparar certo a tinta para carro

Saiba quais são os recursos fundamentais para saber preparar a tinta para carro

tinta para carroMexer em tinta para carro requer destreza por parte do pintor automotivo. Afinal, não basta apontar a pistola de pintura em direção do veículo, sem ao menos determinar os tipos de cores que deverão ser aplicadas. Por isso, para o bom desempenho da função, é necessário uma boa dose de conhecimento, já que o pintor terá que mexer com os mais variados tipos de materiais.

Para começar, o profissional deverá dominar o uso das cores na tinta para carro. Dessa forma será possível aplicar a tonalidade correta no veículo, sem disparidades de cor. Ou seja, noções de colorimetria se fazem necessárias, já que luz, absorção, reflexo, estudo de cores, pigmentação, entre outras técnicas de aplicação, são recursos obrigatórios para exercer o ofício corretamente.

Muitas vezes a tecnologia será a aliada do profissional, já que existem muitos softwares que facilitam a escolha de cor. A fórmula de pigmentação adequada para determinado veículo, por exemplo, pode ser calculada por meio de programas. Isso facilita, e muito, a vida do pintor automotivo na hora de optar pela tinta para carro.

Para explicar melhor vou me basear na grade de ensino do curso de Colorimetria ministrado na Rgolden, a matéria de colorimetria é dividida em quatro segmentos distintos: conhecimento sobre cor, conceito para ajustes, regras para preparação da cor e dicas de acerto.

Na primeira dica o conhecimento sobre cor o profissional deve ser instruído a reconhecer de forma aguçada as características das cores, bem como as fontes de luz, reflexo e absorção.

No conceito para ajustes o pintor automotivo deve se adequar às regras de ajuste de cores. Elas são obrigatórias para a preparação da tinta para carro.

Nas regras para preparação da cor, você deve fazer o preparo da tinta, com os procedimentos que a compete. Não existe uma regra certa e sim aquela que se adapta as condições de cada marca, ambiente e tempo.

Dicas de acerto são, técnicas de pigmentação, quantidade de tinta e montagem de banco de aplicação. Isso faz parte do sucesso na preparação.

Com essas habilidade, adquiridas ao longo do tempo para desempenhar a função na preparação para tintas para carro será fácil, como dizia meu avô “Mole para o gato

Se gostou do texto, compartilhe o texto nas redes sociais. Para saber mais sobre a profissão de colorista, acesse a página do curso.

Até a próxima!

 

Reproduzir vídeo
Reproduzir vídeo
× Como posso te ajudar?